Modalidades Gesto's Ballet

Aulas de dança, ballet, ginástica, pilates para adultos e crianças

Temos mais de 21 modalidades de dança e fitness e são mais de 35 turmas com horários de manhã, tarde e noite para poder atender suas necessidades. Ainda temos a possibilidade de ter aulas particulares individual ou duplas.

Ballet Funcional
Aprenda com os melhores professores

A aula de 60 minutos combina técnicas de ballet, pilates e exercícios posturais, trabalhando o fortalecimento muscular e o realinhamento postural unidos ao prazer da dança. Indicado para pessoas que querem perder peso ou ganhar massa. Este conjunto possibilita que a aula auxilie na melhora da:

  • Postura
  • Ritmo
  • Equilíbrio
  • Coordenação
  • Condicionamento

Pilates Aparelho
Aprenda com os melhores professores

O Pilates consciente une práticas saudáveis de postura. Trabalhamos com alunos que precisam melhor a postura e os alunos que querem ter um corpo saudável. Recomendação médica, casos de dores e pedidos de fisioterapia. A prática além de tudo também libera dopamina e serotonina, que são hormônios responsáveis pelo prazer e pelo bem estar, assim contribuindo para um melhor controle emocional de de quem o pratica.

  • Fortalecimento
  • Alongamento
  • Respiração
  • Flexibilidade

Fit Dance
Aprenda com os melhores professores

O FIT DANCE, assim como a zumba, mistura coreografias de dança , com exercícios que estimulam o corpo a se mexer. O sucesso se deu com a publicação frequente de coreografias no Youtube, com aulas fáceis de executar, seguindo os passos dos dançarinos. Além dos efeitos práticos de melhorar a socialização, auto estima e ser um exercício agradável, o fit dance tem outros benefícios:

  • Gasto de Calorias
  • Aumento do Metabolismo
  • Dispensa das Toxinas
  • Recruta de muitos músculos
  • Benefícios ao coração

Treinamento Funcional
Aprenda com os melhores professores

Basicamente, são realizados com exercícios de calistenia (aqueles que usam o próprio peso do sujeito para gerar sobrecarga), alongamento e também com acessórios que geram algum tipo de instabilidade, sendo os mais famosos o bosu e os dyna disks, TRX, entre outros feito flexão de braço e agachamento. São utilizados exercícios de instabilidade, nossos músculos estabilizadores podem acabar sendo mais solicitados para dar suporte ao movimento, sendo o maior efeito aqui no chamado core, que envolve os músculos abdominais e estabilizadores da coluna.

Ballet Suspenso
Aprenda com os melhores professores

O Ballet Suspenso é um novo conceito no quesito de atividade física. Suas aulas reúnem exercícios do pilates tradicional, atividades funcionais e movimentos da arte circense, nas posições do Ballet Clássico melhorando o desempenho para as alunas de Ballet.

Também serve para Reabilitação, prevenção trabalhando exercícios específicos para cada indivíduo focando movimentos que sejam funcionais para a dança sempre pensando em como prevenir ou tratar lesões específicas e comuns a esse público. Exercícios como o battement jeté, que na aula tradicional faço apoiada na barra, ganham um 
novo suporte: o tecido, que permite explorar os movimentos em 360°, com movimentos de agachamentos, pranchas, abdominais. Uma aula, você saí pingando sentindo todos os músculos.

Ballet Clássico
Aprenda com os melhores professores

O Ballet Clássico inicia com 7 anos de idade o 1° aninho e se forma no 8° ano.
Os princípios básicos do balé são: postura ereta; uso do en dehors (rotação externa dos membros inferiores), movimentos circulares dos membros superiores, verticalidade corporal, disciplina, leveza, harmonia e simetria. Para isso as turmas são divididas por idade e nível despertando um interesse maior e mais motivação para quem quer iniciar ou aperfeiçoar sua técnica.

Hip hop
(10 anos acima)

Essa a cultura hip hop se espalhou por todo o mundo.No momento em que o hip hop surgiu, a base concentrava-se nos disc jockeys que criavam batidas rítmicas para pausas “loop” (pequenos trechos de música com ênfase em repetições) em dois turntables, que atualmente é referido como sampling. Posteriormente, foi acompanhada pelo rap e identificado como um estilo musical de ritmo e poesia, com uma técnica vocal diferente para utilizar dos efeitos dos DJs.
Junto com isto, surgiram formas diferentes de danças improvisadas, como a breakdance, o popping e o locking.
Além do Hip Hop, trabalhamos outros 2 estilos dessa dança: Street Jazz e Stiletto.

Street Jazz
(6 a 12 anos)

Street jazz para criança e pré-adolescente é uma opção para quem deseja dançar de forma mais descontraída. A turma para esta faixa etária foi criada com uma metodologia específica, pois mescla o lúdico com a sistematização dos conteúdos necessários para o aprendizado da dança. O estilo das coreografias é fortemente influenciado pelo Hip Hop, mas com a leveza e a técnica do jazz. O street dance estimula a memória e ajuda no desenvolvimento do equilíbrio da força, da agilidade, da flexibilidade e da resistência. Além disso, aprimora a respiração e a coordenação motora. A dança também é um excelente meio de socialização.

Stiletto
(15 anos acima)

O Stiletto Heels Dance é uma dança para ser executada no salto alto. Não há exatidão de quando esse estilo foi criado – provavelmente nasceu nos clubs de Nova Iorque, onde dançarinos urbanos mulheres e homens demonstravam suas atitudes e movimentos de maneira mais sensual, no salto alto.
O Stiletto Heels Dance é uma das vertentes da dança de rua e utiliza várias movimentações do hip hop freestyle, a atitude do Street Jazz e linhas de Jazz Dance.

Jazz
(13 anos acima)

Aula realizada com um trabalho dinâmico a partir de movimentos expressivos. Sequências didáticas que tem como objetivos fazer o aluno de alguma forma possa transferir para os movimentos um sentimento, seje ela qual for.

O Jazz Moderno ou Dance, tem como a base o Ballet clássico, eles foram criados a partir de exercícios e movimentos mais soltos e modernos, intensos, fortes, com muita expressão, marcação e uma música bem vibrante as vezes explosivas. Trabalha a musculatura de todo o corpo, desenvolve flexibilidade e não necessita ter um bom preparo físico.

Jazz Musical
(7 anos a adulto)

É uma vertente do Jazz, também conhecido como Theatre Dance, traz características e técnicas do jazz convencional, para o Teatro Musical. Com o foco em estudar grandes coreografias o aluno se desenvolverá em diversos estilos dentro do jazz. Tem como característica principal estudar os estilos que aparecem nas peças de teatro musical, em geral o estilo está muito ligado ao coreógrafo do show em questão, ou a história.

Ginástica Rítmica
(5 a 14 anos)

A ginástica rítmica é um esporte em que as ginastas devem executar uma série que combina elementos corporais e de dança com o uso de um dos cinco aparelhos: arco, bola, corda, fitas e maças. Nos Jogos Olímpicos, a competição é disputada apenas por mulheres, nas categorias individual e em conjuntos.

Ginástica Acrobática (Circo)
(5 anos acima)

Ginástica Acrobática teve origem nas artes circenses, é a mais jovem modalidade do universo ginástico competitivo, cuja prática apresenta grande valor pedagógico. Com base na teoria da Ginástica na Escola socioconstrutivista pode romper o trato exclusivamente técnico, possibilitando uma melhora no desenvolvimento das funções cognitivas, motoras, afetivas e sociais dos alunos na faixa etária correspondente à adolescência. Uma modalidade que propicia o desenvolvimento da força, equilíbrio e confiança entre os sujeitos praticantes, permitindo no âmbito escolar explorar a diversidade dos conhecimentos trazidos pelos alunos. Muito usado nos EUA, e sendo iniciada no Brasil nas aulas de Educação Física.

Dança de Salão
(adulto)

As danças de salão surgiram entre os nobres da Europa e principalmente com o surgimento da dança realizada com casais. Quando os europeus foram colonizar as Américas, eles levaram as danças em locais fechados para essas localidades. Foram nesses países que surgiram os tipos mais comuns de dança de salão, aqui na escola vamos trabalhar com gafieira, salsa, bolero, forró, sertanejo e outros.

Dança do Ventre
(10 anos a adulto)

Além de trabalhar a sensualidade, a dança do ventre faz bem para o corpo e para a mente da mulher.
Por trabalhar todo o corpo, a dança do ventre é considerada uma ótima opção para mulheres que não gostam de frequentar a academia, mas também não querem ficar sem praticar uma atividade física.
Os movimentos na região do abdômen, mais precisamente na região do ventre, fortalecem e tonificam os músculos. A prática da dança também proporciona maior flexibilidade ao corpo, promove a reeducação postural, ajuda a modelar as pernas, braços, cintura, quadris, costas e glúteos.